O Alentejo: as nossas raízes…


De nível muito elevado, deliberadamente sem madeira de forma a enaltecer as características peculiares que a Natureza nos concedeu, CULTUS (Latim) significa: Instruído, Cultivado, Venerável.
Este vinho resulta de um ano atípico, irrepetível, pelo que, com um meticuloso trabalho de “assemblage”, criámos este CULTUS “Sui Generis”,